Mistérios da caverna de Wandjina na Austrália

Mistérios da caverna de Wandjina na Austrália




As tribos aborígenes de Arnhem, território situado ao norte, acreditam que há muito tempo em "Dreamtime" (nota: nome dado aos tempos antigos, "tempo do sonho"), um grande pássaro prateado, pousou sobre certo platô para botar um grande ovo prateado, de onde os primeiros membros da tribo foram chocados. Eles tinham pele branca. Ao redor da região de Ayers Rock, a tradição local é que os ancestrais dos Aborígenes vieram das estrelas.
"Há muito tempo atrás durante o Dreamtime, um grande ovo de cor avermelhada (isto é, espaçonave) veio do céu. Ele tentou pousar seguramente no chão, mas se quebrou (isto é, colidiu com o chão). De dentro dele, saíram heróis culturais de pele branca (deuses) e seus filhos.
Dos filhos, os mais velhos logo morreram, seja através de sua idade avançada ou devido a não poderem se acostumar com nossa atmosfera. As crianças, no entanto, eram jovens e capazes de se adaptar mais facilmente ao seu novo lar. Eles gravaram e pintaram a aparência de seus pais nas paredes de cavernas para perpetuar suas memórias.
Com o tempo, o grande ovo de cor avermelhada se desfez até que suas sobras se misturaram com a terra, dessa forma, criando o solo vermelho da Austrália Central. "Os filhos dos heróis culturais que vieram do céu se multiplicaram até que eles eventualmente povoaram  toda a terra, suas peles ficaram escuras devido ao clima quente".
As artes nas cavernas retratando os antigos ainda sobrevivem, mostrando figuras em indumentárias que lembram os astronautas dos tempos modernos. Os mitos e lendas Aborígenes, como os dos povos mais primitivos ao redor do mundo, fala dos "heróis-culturais" de Dreamtime (deuses) que desceram do céu no início da História para disseminar cultura aos habitantes primitivos da Terra. Estas tradições, ligadas a muitos sítios arqueológicos ao redor do mundo, sugerem a alguns Ufologistas que nos tempos remotos seres inteligentes de outros mundos no espaço podem ter visitado a Terra.
mistérios da caverna de Wandjina na Austrália 02
Figura da Caverna de Wandjina
Para muitos pesquisadores, a evidência mais fascinante sustentando esta teoria são as muitas pinturas antigas e gravuras em rochas de cavernas do povo da idade da pedra encontradas mundialmente. As pinturas e gravuras em rochas dos Aborígenes Australianos, como muitas encontradas em outras partes do mundo, retratam animais e caçadas com freqüência, mas, além disto, são vistos objetos e figuras humanas estranhas. Pesquisadores têm argumentado persistentemente se estas gravuras representam visitantes extraterrestres e suas espaçonaves ou os míticos heróis culturais e seus projetos totêmicos. Os Ufólogos argumentam que muitos destes objetos lembram os OVNIs que tem sido relatado ao redor do mundo.
As implicações são que, há milhares de anos , estranhos objetos eram observados nos céus pelo povo da idade da pedra. É discutível se estas obras realmente representam espaçonaves e seres extraterrestres. Considere, por exemplo, as mundialmente famosas gravuras da caverna de Wandjina, dos aborígenes do Noroeste da região de Kimberly, no oeste da Austrália. Estas figuras humanas com estranhas vestimentas têm sido defendidas por muitos como antigos astronautas. Os mitos e lendas ao redor do estado Wandjina são, em alguns casos, que estes seres desceram das estrelas para disseminar cultura aos povos tribais primitivos, enquanto outras lendas dizem que o Wandjina veio do Oeste, através do Oceano Índico, em grandes navios em tempos antigos.
Os pesquisadores que acreditam que as figuras de Wandjina retratam astronautas da antiguidade dão uma ênfase especial nos "capacetes" usados pelas figuras. Por outro lado, eu vejo as figuras de Wandjina sob uma luz diferente - Como retratos de antigos marinheiros Egípcios e Fenícios quem desembarcou na costa de Kimberley, na era do Bronze (2000-1400 A.C.), no curso de suas viagens ao sudeste Asiático e além, à procura de metais e pedras preciosas, no curso no qual eles estabeleceram colônias de longa duração na Austrália e ilhas vizinhas. (Ver "Pyramids in the Pacific - The Unwritten History of Australia" URU Publicações 2000).
Outra ilustração da Caverna de Wandjina
Os Arqueólogos apontam para as similaridades básicas nas vestimentas usadas pelo povo de Wandjina e aquelas dos antigos marinheiros do Meio-Leste. Estas interessantes possibilidades são apoiadas pela presença aparente de características raciais do meio leste e palavras Egípcias que ainda são encontradas entre as tribos Aborígenes locais.
Um maior apoio para este argumento alternativo pode ser encontrado na crescente massa de gravuras Egípcias, Fenícias e Líbias e outras gravuras em rochas, além das pirâmides com degraus encontradas na Austrália e algumas de nossas ilhas vizinhas próximas, sugerindo uma colonização de longo prazo por grandes números destes que procuravam minério com início por volta de 4000 A.C.
Ainda restam outras pinturas misteriosas equivalentes e gravuras em rochas em uma ampla área no noroeste distante da Austrália, as quais poderiam sustentar a teoria dos Astronautas da antiguidade. Estas obras descrevem, além de figuras humanóides em estranhas vestimentas "tipo espaciais", objetos que poderiam ser denominados como tendo aparência de antigas naves voadoras. Artes em rocha similares encontrados por toda a Austrália, o trabalho dos misteriosos Uruans, o povo megalítico, sobre o qual será dito mais em outra oportunidade, retrataram os mesmos elementos básicos.
Fonte: CUB
mas andes

Autor :

Ufólogo e integrante do Grupo de Amigos que Estudam Mistérios e Ufologia criado em 1997, atuando em Guarujá e região, efetuando pesquisas nas áreas de ufologia e espiritualidade, e suas diversas ramificações. Mistérios da caverna de Wandjina na Austrália .
Compartilhar

Artigos Relacionadas