Pela primeira vez na história, um computador conseguiu pensar por conta própria

Pela primeira vez na história, um computador conseguiu pensar por conta própria



Pela primeira vez na história, um super computador conseguiu superar o teste de Turing, projetado especialmente para determinar se uma máquina tem capacidade de pensamento próprio. O teste ocorreu no domingo passado, quando Eugene Goostman, um software desenvolvido para responder como se fosse um adolescente de 13 anos, foi submetido a uma entrevista improvisada na Royal Society de Londres. Tanto as perguntas quanto as respostas foram feitas através de mensagens escritas na tela, e um terço dos humanos que interrogaram a máquina não conseguiu descobrir que se tratava de um interlocutor cibernético.
Esse acontecimento foi um marco no campo da inteligência artificial e aconteceu exatamente no 60º aniversário da morte de Alan Turing, matemático britânico que lançou as bases para a informática moderna. A propósito do famoso teste que leva seu nome, o cientista afirmou uma vez que, se um computador fosse capaz de enganar um terço de seus interlocutores, fazendo-os acreditar que ele seria um ser humano, então estaria pensando por si próprio.
O software Eugene Goostman é uma criação dos engenheiros de informática Vladimir Veselov e Eugene Demchenko.

Fonte: La Vanguardia
mas andes
Ufólogo e integrante do Grupo de Amigos que Estudam Mistérios e Ufologia criado em 1997, atuando em Guarujá e região, efetuando pesquisas nas áreas de ufologia e espiritualidade, e suas diversas ramificações. Pela primeira vez na história, um computador conseguiu pensar por conta própria.
Compartilhar

Artigos Relacionadas